I Congresso Internacional Crack e Outras Drogas


 Busca

 
Porto Alegre, sexta-feira, 25 de maio de 2018 - 21h00min   
Painel sobre redução de oferta de drogas analisou a atuação da PF, do Judiciário e do Legislativo 

O painel sobre Redução, realizado no terceiro e último dia do Congresso trouxe informações sobre a atuação da policia federal e do Ministério Público na repressão ao tráfico de drogas no Brasil. Sob a mediação do jornalista e promotor de Justiça aposentado Cláudio Brito, quatro convidados falaram sobre o assunto: o superintendente regional da Polícia Federal, delegado Ildo Gasparetto, o delegado regional de Combate ao Crime Organizado, Alexandre Isbarrola, e os procuradores de Justiça Cláudio Barros Silva, integrante do Conselho Nacional do Ministério Público, e Lênio Streck.

leia mais »
O desafio do tratamento 
O Painel apresentado nesta manhã teve como tema o tratamento dos usuários. Sob a mediação de Flávio Pechansky, os três convidados, Javier Lugoleos Cano (México), Ana Cecília Marques (Abead) e Solange Nappo (Unifesp), abordaram o tema. leia mais »
Troca de informações e conhecimento é valorizada no congresso 
Em três dias de conferências, paineis e oficinas, o Congresso Internacional Crack e outras Drogas já teve um mérito de cosenso. Com centenas de opiniões, relatos e experiências trazidas de todo o país, do México, da Argentina e da Colômbia, restará um rico material de trabalho a nortear as futuras discussões sobre o problema. leia mais »
Oficinas mobilizam cerca de 700 pessoas 
A participação de mais de 700 pessoas nas oficinas, iniciadas na tarde desta quinta-feira, ratificou o êxito do Congresso Internacional Crack e outras Drogas. Nas 16 salas reservadas para as apresentações e debates, no Anexo 1 do campus central da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a dinâmica intensa apontou um público qualificado e altamente interessado nos diferentes temas e abordagens do evento. leia mais »
Experiência colombiana de enfrentamento ao tráfico foi tema de palestra 
A atração da noite desta quinta-feira no Congresso Internacional Crack e outras Drogas, no Salão de Atos da UFRGS, foi o diretor do Centro de Estudo e Análise em Convivência e Segurança Cidadã da Colômbia. Rúben Darío Ramírez apresentou a experiência colombiana no enfrentamento à drogadição. Mostrou como o país, estigmatizado pela produção e pelo tráfico de entorpecentes, conseguiu montar uma estrutura de ações para fazer frente ao problema. leia mais »
Gilmar Mendes fez a conferência de abertura 
A conferência de abertura do Congresso Internacional Crack e outras Drogas foi ministrada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes. Em sua manifestação, ele alertou para a necessidade de ações cojugadas entre o Poder Constituído e a sociedade organizada. É justamente nesse contexto que se insere o congresso, cuja meta é fomentar o debate e a identificação de medidas e estratégias eficientes no enfrentamento à drogadição. leia mais »
Orquestra adolescente apresenta o projeto Villa-Lobos na abertura do evento 
O tom do esforço empreendido em 18 anos de trabalho com cerca de 500 crianças e adolescentes preencheu o Salão de Atos da UFRGS, na manhã desta quarta-feira, na abertura do I Congresso Internacional Crack e outras Drogas. Regidos pela coordenadora do Projeto Villa-Lobos, Cecília Rheingaintz Silveira, 40 jovens músicos apresentaram composições do maestro Heitor Villa-Lobos e foram aplaudidos em pé por uma plateia emocionada. leia mais »
Homem jovem e de baixa renda seria o perfil básico do usuário de crack, diz psiquiatra 
A primeira atividade desta quarta-feira, depois da conferência de abertura do I Congresso Internacional Crack e Outras Drogas contou com a participação do psiquiatra Flávio Pechansky, diretor do Centro de Pesquisa em Álcool e Drogas da UFRGS. Ele abordou as pesquisas sobre crack no Brasil e no mundo, ressaltando a situação atual da questão e os pontos a serem melhorados para o futuro. Pechansky observou que o surgimento da droga não é recente, como muitos pensam. leia mais »
Painelistas debatem mecanismos de prevenção 
O último evento do primeiro dia do congresso abriu espaço para painel sobre prevenção. Sob a mediação da jornalista Carolina Bahia da RBS, os palestrantes Alceu Terra Nascimento, presidente da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho, Fernando Rossetti, do Canal Futura, e Ronaldo Teixeira da Silva, do Ministério de Justiça, falaram sobre a importância e as possíveis maneiras de prevenir o crescimento da drogadição, especialmente com o crack. leia mais »
Público lota Salão de Atos na abertura do encontro 
Antes mesmo da abertura das atividades no Congresso Internacional Crack e outras Drogas, o saguão e as dependências do Salão de Atos da UFRGS mostravam o peso do interesse social pelo evento. Público ansioso e os destaques do dia, o ministro do STF Gilmar Mendes e painelistas começavam a chegar. leia mais »
Congresso terá público de nove Estados brasileiros 
Com mais de 1,2 mil inscritos para acompanhar os painéis, conferências e oficinas, começa nesta quarta-feira o I Congresso Internacional Crack e outras Drogas – um debate social que se impõe. Por conta da grande demanda, a organização do evento encerrou o cadastramento do público pela internet. Entretanto, como alguns inscritos ainda não confirmaram participação, possivelmente haja disponibilidade de novas vagas no local. leia mais »
Congresso já conta com mais de mil inscritos 
Faltando uma semana para a abertura do I Congresso Internacional Crack e outras Drogas, já passa de mil o número de inscritos para acompanhar os três dias de atividades no Salão de Atos da UFRGS. Idealizado pela Associação do Ministério Público do Rio Grande do Sul em parceria com a universidade, o evento tem na programação conferências, painéis de debates e oficinas com especialistas do Brasil, México, Argentina e Colômbia que abordarão o tema sob diferentes enfoques. leia mais »
Não há mais vagas para as oficinas 
Terminaram no meio da tarde desta terça-feira as vagas para participar das 16 oficinas oferecidas durante o Congresso Internacional Crack e outras Drogas. O evento, promovido pela AMP/RS e pela UFRGS, com apoio da RBS, ocorre de 7 a 9 de julho, no Salão de Atos da universidade.
Apenas quatro oficinas ainda têm vagas 
As oficinas Prevenção e Mídia, Atuação Policial, Entrada e Circulação de Drogas no Brasil e Dificuldades na Redução da Oferta são as únicas em que ainda há vagas, no Congresso Internacional Crack e outras Drogas. O evento ocorre de 7 a 9 de julho, no Salão de Atos da UFRGS. leia mais »
em Notícias
Procura por inscrições nas oficinas é grande 
É forte a demanda pela participação nas 16 oficinas que serão realizadas durante o Congresso Internacional Crack e outras Drogas, de 7 a 9 de julho, no Salão de Atos da UFRGS, em Porto Alegre. Pelo menos três delas já estão com o número de vagas praticamente esgotado leia mais »
Participantes das oficinas poderão encaminhar proposições  
David Medina fala aos convidados
Os coordenadores de oficinas e a comissão organizadora do I Congresso Internacional Crack e outras Drogas esteviveram reunidos, nesta segunda-feira, 21 de junho, na sede da AMP/RS. leia mais »
[23/06/2010]
Congresso terá 16 oficinas simultâneas 
A multidisciplinaridade de temas do I Congresso Internacional Crack e outras Drogas estará em evidência por meio das 16 oficinas simultâneas que serão realizadas durante os três dias do evento.

leia mais »
[23/05/2010]
Porto Alegre será sede do primeiro congresso internacional sobre crack 
Uma das mais fortes iniciativas da AMP/RS nos últimos tempos começa a ganhar ainda mais peso e importância. Será lançado oficialmente no dia 24 de maio, às 11h, na sede da AMP/RS,
leia mais »
[01/01/2010]
Psiquiatra argentino apresenta o XI Mandamento: Dirás não às drogas 
Hoje, aos 10 Mandamentos da Bíblia deveria ser acrescentado mais um: "Dirás não às drogas", preconiza o psiquiatra e psicanalista argentino Eduardo Kalina, conferencista desta quinta-feira, no segundo dia do Congresso Internacional Crack e outras Drogas, no Salão de Atos da UFRGS. leia mais »
Começam hoje as atividades do congresso 
Inicia hoje, a partir das 8h, I Congresso Crack e outras Drogas, promovido pela AMP/RS com parceria da UFRGS e apoio da RBS, no Salão de Atos da Universidade. Devido à grande procura, as vagas para o evento se encerraram na última sexta-feira. Inscrições no local do encontro somente serão liberadas se houver lugares disponíveis no Salão de Atos da UFRGS. A conferência de abertura será feita pelo ministro do STF Gilmar Mendes, às 9h. leia mais »
[07/07/2010]
Psicólogo mexicano aborda os fatores de risco que levam à drogadição 
O psicólogo e terapeuta familiar mexicano Ricardo Sánchez Huesca foi a atração da manhã do último dia do I Congresso Internacional Crack e Outras Drogas, no Salão de Atos da UFRGS. Huesca participa do Centro de Integração Juvenil daquele país e expôs ao público os fatores de risco para o uso de drogas. leia mais »
 
Página Principal | Apresentação | Objetivos | Comissão Organizadora | Programação
Palestrantes | Proposições | Oficinas | Depoimentos | Artigos | Notícias
Local do Evento | Sobre a Cidade | Reserva de Hotel | Inscrições
teste | Fale Conosco  
 
I Congresso Internacional Crack e Outras Drogas
©2010 - Todos os direitos reservados
 
 
|
 
 
 
Associação do Ministério Público
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
CAIXA
PETROBRAS
SICREDI
UNIMED
Ministério Público RS
LUZZ Design
FMP
CUFA RS
LUZZ Design
NOME Marketing
TRADUZCA
CemCerimônia Eventos
Shopping Tour